- Publicidade -
- Publicidade -

Gato nasce sem ânus e é salvo após ficar 50 dias sem fazer cocô em SP

Boninho precisou passar por procedimento cirúrgico de risco para poder voltar à normalidade.

Trending

Um filhote de gato precisou ser socorrido às pressas, após passar 50 dias sem defecar. “Boninho”, como foi apelidado, estava em um lar temporário em Santos, no litoral paulista.

A então dona, que possui outros gatos, não notou que o animal não estava fazendo cocô, já que nesta idade, é comum que a mãe faça a higiene dos seus filhotes.

Boninho nasceu sem ânus e precisou passar por procedimento cirúrgico de risco para poder voltar à normalidade. Quem levou a história do gatinho às redes sociais foi a ONG local Viva Bicho Santos, que arrecadou dinheiro para a cirurgia, realizada no domingo (29).

“A pessoa que está dando lar temporário não percebeu que ele não defecava pois a mãe ainda comia as fezes deles (comportamento normal no mundo animal), e, portanto, não tinha como saber se fez ou não as necessidades. Esses dias ela nos chamou dizendo que ele estava com o abdômen muito grande e estranho, e após passar por atendimento, foi constatado que o anus dele era fechado”, escreveu a ONG.

O animal passou por uma reconstrução anal e se recupera bem, já em um novo lar, desta vez, fixo. Pelo inchaço abdominal e as consequências dos quase dois meses sem defecar, Boninho correu risco de vida e sofreu duas paradas cardíacas.

Em entrevista ao portal G1 neste sábado (4), a assessora de comunicação da ONG, Leila Abreu, explicou que a condição do gato se tratou de uma atresia anal, uma anomalia congênita que, eventualmente, pode ocorrer em gatos e cachorros.

“Caso não seja feito o procedimento, o intestino acaba estourando dentro do animal. Então o Boninho precisava de uma cirurgia de emergência, porque estava com apenas 50 dias, um bebê, e desde que nasceu estava sem defecar. Por isso, a barriga estava tão grande e ele chegou a ter duas paradas cardíacas. Ninguém percebeu antes, porque a mãe do filhote de gato, quando está amamentando, tem o costume de limpar as fezes do gatinho lambendo”, disse a assessora.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Cultura: prazo para inscrever projetos no Promic encerra segunda

Ao todo, o Promic destinará R$ 1.360.000,00 para os projetos.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -