- Publicidade -
- Publicidade -

Tempestade de areia deixa quatro mortos e seis feridos no interior de São Paulo

É a segunda vez que o fenômeno é registrado em uma semana.

Trending

Quatro pessoas morreram durante a passagem de uma nova tempestade de areia na última sexta-feira (01) no interior de São Paulo. É a segunda vez que o fenômeno é registrado no Brasil em uma semana.

Três vítimas foram a óbito enquanto tentavam apagar o incêndio em uma fazenda em Santo Antônio do Aracanguá, na região de Araçatuba. O grupo foi surpreendido pelas rajadas de vento que espalhou as chamas.

De acordo com os Bombeiros, o fogo destruiu pastagens, canaviais e área de preservação.

Em Tupã, na região de Marília, um homem faleceu no desabamento de um muro durante a ventania e a tempestade de areia.

FERIDOS

Ainda conforme os Bombeiros, outras seis pessoas ficaram feridas durante a passagem do fenômeno pela região.

A tempestade de areia também foi registrada às margens do rio Tietê, em Pereira Barreto, na tarde de sexta-feira (1º). A força do vento derrubou árvores e destelhou casas.

No Aeroporto Estadual de Presidente Prudente, a força do vento quebrou vidros do saguão de embarque e desembarque de passageiros e causou danos no terminal.

Em algumas cidades, as rajadas de vento chegaram a 80 km/h.

O QUE PROVOCA A TEMPESTADE DE AREIA

Conhecido como “haboob” ou “habub”, o fenômeno costuma ocorrer em áreas secas e com baixa umidade, sendo vistos em regiões áridas em todo mundo.

Ele é resultado de temporais de chuva com ventos fortes que, ao entrarem em contato com o solo muito seco, encontram resquícios de queimada, poeira e vegetação. A parede de poeira que se ergue pode ter milhares de metros de altura e até 160 quilômetros de largura.

No último domingo (27), o mesmo fenômeno foi registrado na divisa de São Paulo com Minas Gerais.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Vereadores aumentam salário do prefeito de Paranaguá de R$ 16 para quase R$ 26 mil

Também sobem os salários do vice-prefeito e dos secretários municipais.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -