Fique Ligado!

Coronavírus

No pior momento da pandemia, Ratinho Jr anuncia volta às aulas no Paraná

Escolas vão reabrir a partir da próxima quarta-feira (10).

Publicado

em

51P0011 scaled | 24Horas

Enquanto quase 900 pessoas aguardam por leitos de UTI no Paraná, que vive o seu pior momento na pandemia de Covid-19, o governador Ratinho Junior (PSD) e o secretário de Saúde Beto Preto, anunciaram nesta sexta-feira (05) o retorno das aulas presenciais no estado para a próxima semana.

Segundo o governador, as escolas estarão abertas com capacidade máxima de 30% dos alunos por sala de aula. Ele também deixará a critério dos pais enviar ou não os filhos para assistirem as aulas.

O estado vive o pico da segunda onda de Covid-19 provocada pela cepa brasileira, mais infecciosa e transmissível, segundo estudos científicos. 96% dos leitos de UTI de todo o estado estão ocupados, e o sistema de saúde beira o colapso total.

Somente nesta sexta, o Paraná registrou outro recorde com 107 mortes por causa do vírus em 24h. O boletim de quinta (04) trouxe um dado ainda mais, com 110 mortes em um único dia.

Cidades como Cascavel e Maringá estão próximas da capacidade máxima do sistema. Em Cascavel e em toda a região oeste do estado, há apenas três leitos disponíveis. Há um esforço para abrir novas vagas.

A APP Sindicato, que representa professores e educadores no Paraná, não se manifestou sobre o assunto.

CORONAVÍRUS: Mais notícias sobre a pandemia no Paraná

PUBLICIDADE
5 Comentários
Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando
Fernando
2 meses atrás

Camundongo Júnior não quer aplicar o protocolo que salva vidas. Pra ele, quanto mais gente morta melhor. Camundongo, tone vergonha nessa cara. As mortes ocorridas aqui no Paraná São culpa exclusiva de você, Paulo Preto, prefeitos e secretários municipais de saúde vc e de muitos médicos militantes esquerdistas, adpetos do quanto mais mortos melhor. Tudo para jogar a culpa no Governo Federal.

EM ALTA