- Publicidade -
- Publicidade -

Primeiro caso da variante indiana no Paraná é confirmado em Apucarana

Trending

O governo do Paraná confirmou ontem (02) a existência de um caso da variante indiana (B.1.617) da covid-19 no estado. O vírus foi encontrado em uma mulher de 71 anos, com comorbidades, moradora de Apucarana, a cerca de 54 km de Londrina. A identificação foi realizada por sequenciamento genômico do vírus SARS-CoV-2, realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com amostra de um caso confirmado do Paraná.

A paciente fez coleta de exame RT-PCR para diagnóstico da covid-19 no dia 26 de abril. Ela chegou a ser hospitalizada, mas teve alta em seguida. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a mulher morava com o marido de 74 anos e o filho de 58 anos. E os três foram diagnosticados com covid-19. O filho morreu em 17 de maio.

A secretaria não informou se alguém da família viajou recentemente à Índia ou se teve contato com pessoas que estiveram naquele país. O órgão, no entanto, informou que a equipe de Vigilância Epidemiológica municipal realiza acompanhamento dos familiares e contatos próximos e abriu investigação epidemiológica sobre o caso.

Além desse caso, a Sesa informou que existe um caso suspeito de também ter sido contaminado com a B.1.617. Trata-se de um homem de 38 anos, morador de Cascavel, no oeste do estado. A Fiocruz já está com a amostra de sangue desse homem e a secretaria aguarda o resultado.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -