- Publicidade -
- Publicidade -

Sercomtel vai operar 5G no Norte do Brasil e em São Paulo

Neste ano a Anatel autorizou que a Sercomtel opere em todo o Brasil.

Trending

A Sercomtel vai pagar R$ 82 milhões (ágio de 719%) para o bloco que vai oferecer internet para a região Norte do Brasil e grande parte do estado de São Paulo, que passam agora a contar com uma nova operadora de telefonia.

A empresa de Londrina já opera na cidade a telefonia fixa e celular, GSM e 3G, além de longa distância pelo código e internet banda larga e fibra. Neste ano a Anatel autorizou que a Sercomtel opere em todo o país.

O lote arrematado pela Sercomtel é o C2 do leilão 5G do Governo Federal. Com isso a empresa está habilitada a operar a frequência 3,5 GHz, a melhor para serviços 5G, em cidades com até 30 mil habitantes no estado de São Paulo e no Norte.

Para a prestação de serviço no Sul do Brasil, venceu o Consórcio 5G Sul, que vai pagar R$ 72 milhões pela faixa. O 5G Sul venceu a disputa após uma longa troca de ofertas entre o consórcio e a Mega Net Provedor de Internet.

O 5G Sul é formado pela Copel Telecom (Paraná) e Unifique (Santa Catarina e Rio Grande do Sul) para competir por lotes no leilão. A Copel faz parte do grupo econômico que controla a Sercomtel, mas tem foco em banda larga fixa por fibra.

CRESCIMENTO

Com as novas operações, a Sercomtel, privatizada em 2020, passa a ser junto com a Brisanet, que irá operar o Nordeste do país, uma nova operadora de telefonia móvel e banda larga. Isso proporcionará um crescimento exponencial da empresa, que já tem presença marcante em Londrina.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Senado aprova indicação de André Mendonça ao STF

Indicação de Bolsonaro ficou parada na CCJ por mais de quatro meses.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -