Fique Ligado!

Esportes

Superliga Europeia vai substituir a Champions League?

Clubes fundadores do novo torneio podem ser duramente punidos

Thiago Camargo

Publicado

em

1E8F4C5B 817E 4987 87FA EDA8D2174AD7 | 24Horas
Bola da Champions League. Foto EPA

Neste domingo (18), o mundo do futebol foi abalado com uma notícia surpreendente, 12 clubes sendo estes, Arsenal; Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Tottenham, Atlético de Madrid, Barcelona, Real Madrid, Inter de Milão, Juventus e Milan, anunciaram a fundação da Superliga Europeia, um novo torneio aonde esses clubes teriam suas vagas garantidas, independente de seus resultados nos campeonatos nacionais.

A ideia da competição é simples substituir a Champions League, com partidas entre os grandes e tradicionais clubes europeus mais frequentes e com a verba maior repartida entre os fundadores, já citados acima, três times previstos e convidados para essa iniciativa recusaram o convite, são eles PSG da França, e os alemães, Bayern de Munique e Borussia Dortmund.

 Como vai funcionar a Superliga Europeia?

Os clubes fundadores do torneio sempre vão ter vagas garantidas, no total 15 equipes estão previstas para esses privilégios, como PSG, Bayern e Dortmund, não aceitaram o convite, outros três times devem ser chamados para a competição, sobrariam ainda 5 vagas, que seriam preenchidas, com base em desempenhos nas ligas nacionais. Os 20 times serão divididos em dois grupos de 10 membros e em cada grupo se enfrentando em jogos de ida e volta. Oito clubes de classificam para a fase final, disputada em um tradicional mata-mata, com quartas de final, semifinal e final.

Após esse anúncio a Uefa, junta com as ligas nacionais dos países, Itália, Espanha e Inglaterra, repudiaram e fizeram ameaças, caso as equipes ingressem na Superliga, serão excluídas de seus campeonatos nacionais e também existe a possibilidade de os jogadores desses clubes serem impedidos de defenderem suas seleções em torneios da Fifa e da própria Uefa.

Algumas torcidas já começaram a se manifestar contra esse movimento, o estádio do Liverpool foi alvo de protestos de seus torcedores pedindo para que o clube volte atrás em sua decisão.

088A28E5 B05C 4C10 B265 EBBD478E4E4F | 24Horas

Faixas da torcida do Liverpool contra a Superliga Europeia, com as frases descanse em paz Liverpool e torcedores contra a Superliga. Foto: Reuters

O ex-jogador da Seleção Inglesa e também do Manchester United Gary Neville fez duras críticas ao torneio, o agora comentarista, explicou sobre os grandes problemas da criação de uma liga aonde só times de elite tenham oportunidades de participar. Confira as declarações de Neville abaixo.

Vídeo legendado: Clara Albuquerque.

 

 

 

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

EM ALTA