Fique Ligado!

Londrina

CMTU vai anunciar medidas para diminuir aglomeração nos ônibus em Londrina

Órgão também avalia bloquear cartão transporte de quem estiver com Covid-19

Derick Fernandes

Publicado

em

whatsapp image 2021 01 06 at 11.12.25
Movimento no Terminal Central de Londrina (TCL) - Foto: Arquivo

A Prefeitura de Londrina avalia bloquear o cartão transporte de quem testar positivo para Covid-19. A medida já é adotada em outras cidades do estado, como Curitiba e Cascavel por exemplo, e tem como objetivo restringir a circulação do vírus, forçando que quem estiver com a doença cumpra o isolamento até receber alta.

Nesta terça-feira (06) uma reunião entre CMTU, Ministério Público, Secretaria de Saúde e a ACIL tratou sobre o assunto.

A discussão também abordou outros métodos de impedir a circulação desses passageiros, e também considerou pontos como o pagamento da passagem em dinheiro ou o empréstimo do cartão transporte a terceiros.

O bloqueio seria temporário – menor do que duas semanas – que é o período em que o tratamento com o isolamento acontece.

O encontro também discutiu problemas relacionados à lotação no transporte coletivo de Londrina.

Sobre esse ponto, que é polêmico, a CMTU deve anunciar nos próximos dias mudanças para reduzir o problema nos horários de pico, quando as aglomerações nos ônibus são maiores. Segundo o órgão, as reclamações sobre esse problema são maiores principalmente no período da manhã e no fim do expediente, por volta das 18h.

A fiscalização deve ser intensificada, com o propósito de se fazer cumprir o limite de ocupação de passageiros, que de acordo com o decreto é de 65% no pico, e de 55% nos demais horários. As linhas também terão reforços com ônibus extras e reservas, que serão usados em caso de necessidade ou de aumento da demanda.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

EM ALTA