- Publicidade -
- Publicidade -
Array

Homem é preso depois de matar travesti e guardar coração em casa: “Era um demônio”

Trending

CAMPINAS – Um homem foi preso nesta segunda-feira (21), em Campinas (SP), após confessar ter assassinato de uma travesti e guardado o coração da vítima em casa. O crime aconteceu no Jardim Marisa, região do Campo Belo. Conforme a Polícia Militar (PM), o órgão estava enrolado em um pano, sob o guarda-roupas do suspeito.

Caio Santos de Oliveira admitiu que teve relação sexual com a vítima, Jenilson José da Silva, 35, O autor ainda teria levado pertences como eletroeletrônicos e objetos da vítima do local do crime.

Com declarações desconexas, e sorrindo, o criminoso foi apresentado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas, e afirmou que havia conhecido a vítima na noite anterior:

“Ele era um demônio. Eu arranquei o coração dele. É isso. Não era meu conhecido. Conheci à meia-noite” afirmou aos repórteres.

Conforme a PM, Oliveira foi abordado depois de apresentar atitude suspeita ao avistar a viatura. Ele foi abordado em um comércio, e segundo os agentes, apresentou dados pessoais falsos.

Ainda conforme os policiais, o suspeito tinha escoriações e arranhões pelo corpo, além de um ferimento na cabeça.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Mulher de 38 anos morre em grave acidente de moto na BR-369 em Rolândia

Colisão aconteceu em frente à JBS na saída para Arapongas.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -