- Publicidade -
- Publicidade -

Homem ganha liberdade em Cascavel após ter enviado um pão de mel envenenado à uma vitima

Trending

Na terça-feira (18) da semana passada, um homem de 43 anos foi detido em Cascavel, no Oeste do Paraná. O indivíduo era suspeito de ter enviado um pão de mel envenenado a outro morador da cidade. O evento ocorreu no mês de abril, mas o acusado já está pedindo revogação do mandado, que foi acatado pela justiça.

A vítima teria chegado a ficar internada por 10 dias, em estado grave, após ingerir um doce que possuía Carbofurano, um dos pesticidas de carbamato mais tóxicos que existe, apontam as investigações.

Os mandados de busca a apreensão foram realizados na terça-feira (18). A identificação do criminoso só foi possível após os investigadores analisarem as câmeras de vigilância, que flagram o criminoso levando um bilhete à empresa onde a vítima trabalha. Depois disso, também foram analisadas algumas imagens de câmeras do local em que o motoboy entrega o doce.

Na casa do suspeito, localizada em um condomínio no Bairro Alto Alegre, os agentes apreenderam um celular, um notebook, um HD externo, o carro do homem e, até mesmo, um guarda chuva.

Porém, nessa última quarta-feira (26), a defesa do criminoso pediu uma revogação do mandado, a mesma foi acatada pela justiça. Dessa forma, ele responde, agora, o processo em liberdade.

De acordo com as investigações, a mulher do criminoso teve relações extraconjugais com a vítima, assim, o suspeito teria enviado o doce envenenado como forma de vingança. A vítima era cliente do acusado, desse modo, o homem mandou os doces como presente de páscoa e, também, como forma de “agradecimento”.

 

 

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Homicídio é registrado no José Richa, em Sarandi

Vítima estava chegando na casa de familiares quando foi surpreendido pelos disparos.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -