Fique Ligado!

Notícias

Jornalista Murilo Gatti morre aos 41 anos em Maringá

Ele lutava há um ano contra um câncer e também foi infectado pela Covid-19.

Publicado

em

WhatsApp Image 2017 09 13 at 4.23.54 PM | 24Horas

O jornalista Murilo Gatti, 41, morreu na tarde desta segunda-feira, 1 de março. Ele, que era considerado uma referência na profissão em Maringá, lutava, há quase um ano, contra um câncer. Murilo tinha um tumor na cabeça. Depois de passar por cirurgia, Gatti precisou voltar ao hospital por causa de uma convulsão. Lá contraiu a Covid-19 e acabou não resistindo.

Pai de duas meninas, foi um dos fundadores do portal Maringá Post, atuou como repórter no O Diário de Maringá e atualmente era o editor-chefe na Rede Massa, afiliada ao SBT na Cidade Canção, onde atuou também como repórter e produtor.

A morte do jornalista causou comoção entre os profissionais da imprensa. “Muito triste mesmo! Que nosso afeto chegue ao coração da família do Murilo nesse momento tão difícil e possa confortá-los. Adeus com gratidão por ter conhecido essa figura sempre tão serena e de bom coração! Vai fazer falta”, disse a amiga e também jornalista, Juliana Fontanela.

“Que Deus o receba e conforte toda a família e amigos. Não precisa nem dizer como o Murilo era uma pessoa querida e do bem. A comoção aqui diz tudo! Muito triste, escreveu o amigo e jornalista, Bruno Rodrigo. “Quando fui contratado em O Diário, em 2006, havia um movimento “anti-Londrinização” na redação – uma das coisas mais idiotas que eu já presenciei. Murilo, um puta repórter, fuçador, passou alheio a tudo isso. Me acolheu como se eu fosse um amigo de décadas. Os bons são assim: só espalham bondade. E no caso dele, era bondade em todos os sentidos. De novo: um puta repórter, um puta produtor. Mas acima de tudo isso, um cara do bem”, escreveu o jornalista Alan Maschio.

“Que o bom Deus o receba em um bom lugar. E conforte o coração dos familiares e amigos que ficam. Vai com Deus, meu amigo”, escreveu o jornalista Alexandre Sanches. “Meu coração está apertado aqui. Perdemos um grande profissional e amigo. Que Deus conforte a família dele. O momento é muito difícil e triste. Vai em paz, Murilo”, acrescentou a jornalista Carina Bernardino.

Por conta de ter contraído Covid, o velório será restrito a poucas pessoas da família. Murilo Gatti completaria 42 anos amanhã, 2 de março.

Sindijor NortePR

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

EM ALTA