- Publicidade -
- Publicidade -
Array

Mais de 640 mil paranaenses perderam o emprego em junho

Trending

Exatos 648 mil paranaenses perderam o emprego em junho deste ano,  de acordo com dados divulgados nesta quinta (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ou seja, a taxa de desemprego no estado foi de 11,1%, enquanto a taxa de maio ficou em 9,97%.

Os números integram a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Covid-19 Mensal, que tem por finalidade identificar o impacto da pandemia no mercado de trabalho. Outros dados interessantes: em junho, o número de pessoas não ocupadas e que não procuraram trabalho, mas que gostariam de trabalhar foi de 875 mil. O que corresponde a 48 mil a mais em relação a maio.

No total de pessoas não ocupadas e que não procuraram trabalho por conta da pandemia ou por falta de trabalho na localidade, mas que gostariam de trabalhar foi de 427 mil – um aumento de 13 mil pessoas se comparado a maio.

No mês de junho, dos 574 mil paranaenses que estiveram ocupados ou afastados do trabalho que tinham, 411 mil foram afastadas devido ao distanciamento social, uma diminuição de 130 mil em relação a maio (541 mil). Das 411 mil pessoas afastadas, cerca de 250 mil deixaram de receber remuneração.

Sobre o trabalho remoto, a pesquisa do IBGE, em junho,  apontou o total de de 478 mil, cerca de 12 mil a menos que em maio. Ainda de acordo com o levantamento, o número de pessoas ocupadas e na informalidade foi de 1.413.677- cerca de 62 mil a menos que em maio. O percentual  de recebimento do auxílio emergencial foi 35,7%, em junho – maio registrou 31,3%.

 

 

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Mulher de 31 anos morre após acidente na Castelo Branco, em Londrina

Acidente aconteceu na tarde de sábado no Jardim Hedy.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -