- Publicidade -
- Publicidade -
Array

Londrina é transformada polo em inovação no Agronegócio

Trending

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançou oficialmente hoje em Londrina o primeiro polo de inovação em agro. O polo será instalado no Parque de Exposições Ney Braga e a sua implementação contou com a articulação da deputada federal Luísa Canziani (PTB), que também destinou emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil; a Fundação Araucária (mantida pelo governo do Estado) também vai destinar recursos para o polo.

O projeto foi desenvolvido em parceria pelos ministérios da Agricultura, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Sociedade Rural do Paraná, Sebrae e Fundação Araucária. Será o primeiro polo de inovação em agro do Mapa, de um total de 12 que o ministério pretende implantar no País. O modelo de Londrina inclusive servirá como case para os demais. O objetivo do ministério com o projeto é aumentar a produtividade, por meio do uso da tecnologia, mas mantendo a atual área plantada do País.

Dessa forma, o agronegócio não precisará avançar para novas fronteiras agrícolas, principalmente em áreas de preservação ambiental garantindo a sustentabilidade do agronegócio nacional. “Queremos que o Brasil fique conhecido também como o país da tecnologia no agronegócio”, disse a ministra Tereza Cristina durante a solenidade. A deputada Luísa Canziani enfatizou que o polo foi implantado em Londrina graças ao ecossistema de inovação bem estruturado na cidade.

Para a cidade, o polo é importante porque vai atrair investimentos da iniciativa privada, além de contribuir para gerar novos empregos. “Londrina será consolidada como a capital tecnológica do Paraná”, afirmou a deputada Luísa Canziani.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Polícia encerra festa com mais de 400 pessoas em chácara na zona leste de Londrina

Menores também estavam no local consumindo bebidas e drogas.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -