- Publicidade -
- Publicidade -
Array

Obras de reforma do restaurante popular estão atrasadas

Trending

LONDRINA – Fechado desde janeiro para obras de reforma, o Restaurante Popular de Londrina, no centro da cidade, está com o cronograma atrasado. Não há movimentação de pedreiros, ou intervenções acontecendo no local. A promessa da prefeitura é que o espaço será revitalizado e um novo contrato para o serviço de refeições seria firmado com outra empresa.

A previsão inicial da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento era de que a obra fosse entregue em abril, ou seja, três meses após o início dos trabalhos. Agora a expectativa é que a reinauguração do restaurante aconteça somente em maio. O secretário Ronaldo Siena, em entrevista ao jornal Folha de Londrina, comentou que a obra teve início pela parte hidráulica, elétrica e que o próximo passo será substituir o telhado para fazer a pintura da parte interna do imóvel.

Enquanto as obras não avançam, quem passa pelo local lamenta por ser um espaço útil e que serve refeições de qualidade a um preço baixo. A prefeitura relatou que há cerca de 30 dias não são realizadas intervenções no imóvel por conta da instabilidade do tempo, o que impede o reparo do telhado. O custo da obra é de aproximadamente R$ 80 mil.

NOVA LICITAÇÃO

Ainda conforme a prefeitura, uma nova empresa será contratada para servir as refeições. O valor máximo previsto para a licitação, que ainda não foi lançada, é de R$ 2,2 milhões num prazo de um ano, para que sejam servidas mil refeições por dia. O restaurante foi inaugurado em 2012, e servia essa quantidade de refeições,  mas na gestão de Alexandre Kireeff, o número caiu para 750 por conta de cortes orçamentários.

A expectativa do executivo é lançar a licitação até o início de abril. O texto propõe que pelo menos 30% dos recursos para compra de alimentos pela empresa a ser contratada sejam destinados a produtos de agricultores da região. O secretário de Agricultura acredita que o contrato será assinado em tempo hábil para reabrir o restaurante a partir de maio.

REAJUSTE

A prefeitura também prevê um reajuste no valor pago pela refeição, que até o início do ano era de R$ 2. A prefeitura paga R$ 5,75 por prato, e com o novo vínculo, a divisão dos valores será igual para a prefeitura e o município. O valor não deve ficar muito acima, já que a proposta do espaço é alimentar a custo baixo.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Mulher de 31 anos morre após acidente na Castelo Branco, em Londrina

Acidente aconteceu na tarde de sábado no Jardim Hedy.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -