- Publicidade -
- Publicidade -
Array

Seis mil empresários já assinaram pedido de lockdown em Curitiba

Trending

Mais de seis mil empresários de Curitiba já assinaram o abaixo assinado criado por um momento independente de pequenos empresários, que pede o lockdown na cidade. O grupo intitulado “Fechados pela Vida” reúne empresários de vários segmentos da capital. De acordo com o movimento, a intenção é fazer com que nesse período de fechamento total, os casos de coronavírus tenham queda e assim seja possível a retomada de todas as atividades comerciais com segurança.

Janaína Santos, representante do grupo e proprietária de um gastrobar em Curitiba disse que o pedido, inusitado no setor econômico, se dá pelo iminente colapso da saúde na capital. “Estamos vendo o colapso e a situação ficou mais urgente. Não há um plano de ação e fica nesse abre e fecha. Para nós como empresa é ruim, porque economicamente não vislumbramos o que fazer se não há um controle da pandemia”, disse à rádio Banda B.

+ NOTÍCIAS DE CURITIBA NO 24HORAS

Atualmente a prefeitura de Curitiba definiu a bandeira laranja na capital para medir o nível do contágio. A bandeira laranja restringe o funcionamento de bares e restaurantes, no entanto outros setores do comércio, como shoppings e lojas continuam em funcionamento. Para o movimento, isso faz com que a situação fique caótica para os que tiveram a atividade suspensa.

Alguns comerciantes fecharam diante da pandemia – Foto: Bem Paraná

“Os mais atingidos são as pequenas empresas, que sofrem com a dificuldade de empréstimos. Empresas que suspenderam as atividades no começo, por acharem que é a coisa certa, não tem mais como se manter, porque acabou o limite das reservas. Acho que é preciso um apoio também na área econômica por parte do poder público”, disse Janaína.

LOCKDOWN NO PARANÁ

Recentemente, o secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto, e a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, disseram que o lockdown é uma possibilidade a ser adotada, mas descartaram a medida por hora.

O governo e a prefeitura tem a expectativa que com as medidas já tomadas, a população colabore para que a curva de infecção pare de crescer.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

STF nega habeas corpus e Zé Trovão continua foragido

Caminhoneiro pediu asilo no México e segue foragido.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -