- Publicidade -
- Publicidade -
Array

STF aprova orçamento de 2020 sem aumento nos salários dos ministros

Trending

O Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou nesta quarta-feira (14), em sessão administrativa, a proposta orçamentária da Corte para 2020 em R$ 686,7 milhões. O texto não prevê reajuste nos salários dos ministros.

A proposta havia sido apresentada na semana passada aos ministros, que não se opuseram. O orçamento aprovado é R$ 91,9 milhões menor que o do ano passado. A redução se deu devido à adequação às regras da Emenda Constitucional 95, do teto de gastos públicos, promulgada em 2016.

No início deste ano o salário dos ministros do STF reajustou de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Segundo o Supremo, o aumento de 16% estaria repondo perdas salariais de 2009 até 2014. A decisão ocasionou um efeito cascata na administração pública, uma vez que o salário dos ministros serve de teto para a remuneração de todos os servidores públicos.

A proposta orçamentária para 2020 será enviada ao Poder Executivo para ser incorporada ao Projeto de Lei Orçamentária (PLO), a ser apreciado pelo Congresso Nacional.

O maior gasto do tribunal é com salários e encargos de pessoal, que somam R$ 490,3 milhões. Estão previstos R$ 39,1 milhões para a contratação de terceirizados, que auxiliam em atividades como limpeza, segurança e comunicação.

 

 

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

STF nega habeas corpus e Zé Trovão continua foragido

Caminhoneiro pediu asilo no México e segue foragido.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -