- Publicidade -
- Publicidade -

Deputado estadual Subtenente Everton tem mandato cassado pelo TSE

Suplente dele, Coronel Figueiredo, também teve diploma cassado.

Trending

O pleno do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a cassação do mandato do deputado estadual Subtenente Everton (PSL) por abuso de poder econômico nas eleições de 2018. A sessão que definiu a cassação aconteceu na terça-feira (19).

Os ministros também cassaram o diploma de suplente de Everton, o Coronel Figueiredo (PSL) pelo mesmo motivo.

Ambos tiveram parte da campanha custeada pela Associação dos Militares da Reserva, Reformados e Pensionistas das Forças Armadas do Paraná (ASMIR-PR), pessoa jurídica. A lei eleitoral proíbe financiamento de campanha por pessoa jurídica.

Os políticos receberam doação de R$ 12 mil na forma de impressão de santinhos pedindo votos para os então candidatos.

A decisão ainda determina que o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) refaça a contagem dos votos a partir da anulação dos votos dos dois sentenciados. Diante disso, o quadro da Assembleia Legislativa do Paraná muda.

A ação começou a partir da denúncia de um eleitor e na sequência do Ministério Público Eleitoral. O TRE do Paraná julgou o caso, mas absolveu os militares. O MPE recorreu e o casso foi levado ao Tribunal Superior Eleitoral.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Ciclista que morreu em acidente com jogador do Flamengo estava trabalhando

Vítima era entregador de aplicativo e morreu após ser atropelado.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -