26.8 C
Londrina

Abertura do comércio 24h em Londrina divide patrões e empregados

Proposta está em discussão na Câmara de Londrina.

Trending

Trabalhadores e empresários de Londrina discutiram na Câmara de Londrina o projeto de lei de autoria da vereadora Jessicão (PP) que permite o funcionamento do comércio 24 horas na cidade. A proposta divide opiniões, já que para prosperar seria necessário maior oferta de transporte público, além de reforço na estrutura de segurança.

Atualmente, pelo Código de Posturas, o comércio geral é autorizado a funcionar de segunda a sexta-feira das 08h às 18h, e aos sábados das 09h às 13h. Há uma flexibilização que permite que nos dois primeiros sábados do mês o horário pode ser estendido até 18h.

Nos domingos e feriados, as lojas ficam fechadas.

O PROJETO

Pela proposta de Jessicão, cada estabelecimento tem autonomia própria em definir o horário que funcionará, com possibilidade de abertura em qualquer dia e horário.

A vereadora sai em defesa da medida, e diz que o PL traz liberdade econômica e estimula o investimento na cidade, especialmente no momento pós-covid. Ela salienta, que com a proposta sendo aprovada, isso vai permitir que hajam campanhas publicitárias como por exemplo uma semana de comércio aberto até meia noite.

DIVERGÊNCIAS

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Londrina (Sindecolon) é crítico à proposta e diz que a mudança vai acarretar prejuízos ao trabalhador. Para o presidente do sindicato, Manoel Teodoro da Silva, os trabalhadores vão acabar se submetendo a uma situação de extra jornada, já que por maioria das vezes não terão escolha a não ser o trabalho.

No posicionamento, o Sindecolon também acredita que a medida irá ser benéfica tão somente aos grandes empresários.

Por outro lado, o Sindicato do Comércio Varejista de Londrina (Sincoval) diz que uma eventual extra jornada poderá ser proveitosa ao trabalhador, já que ele terá a opção de avaliar se o custo-benefício é vantajoso.

Ovanes Gava, presidente do Sincoval, também lembra que a mudança vai seguir o rito da lei, e que os empregados poderão escolher vagas dentro desse horário.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Saúde descarta sete casos suspeitos da Ômicron no Paraná

Os casos haviam sido isolados e foram acompanhados pela SESA
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -