- PUBLICIDADE -
Londrina

Bosque de Londrina será revitalizado e ganhará praça para food trucks e quiosques

Um dos espaços mais antigos de Londrina, o Bosque Marechal Cândido Rondon, no Centro da cidade, vai passar por uma grande revitalização que transformará o atual aspecto de abandono para um local com vida e opções de lazer.

Há muitos anos se aguarda a revitalização do Bosque, o que agora está muito perto de sair do papel. A prefeitura de Londrina recebeu nesta semana a proposta de uma empresa para fazer as obras no espaço. O projeto desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (IPPUL) prevê que o Bosque Central passe a ser uma área de convivência com a oferta de tecnologia e opções de gastronomia e atividades.

A licitação de R$ 2,5 milhões foi vencida pela empresa San Pio, do interior de São Paulo. A empreiteira terá 150 dias para concluir a revitalização assim que for dada a ordem de serviço. A expectativa da prefeitura é que as obras se iniciem em até 30 dias.

239e9386eeeec66f42ff539804d4bf0c9a0bef89

QUALIDADE DE VIDA

Na proposta do IPPUL, O bosque ganhará novo calçamento, espaços de convivência, quiosques e uma praça que poderá ser utilizada por food trucks ou por feiras itinerantes, como a feirinha da lua por exemplo.

No lazer, o espaço terá uma pista de caminhada, parques infantis e a revitalização da quadra, pista de skate e academia ao ar livre. O projeto contempla ainda iluminação em LED em todo o bosque e nas pistas de caminhada tanto internas como externas.

As calçadas serão mantidas em seu desenho original, bem como a arborização, que conta com espécies nativas da mata atlântica. Apesar parte da vegetação baixa deve ser retirada para permitir a maior circulação de ar e a visibilidade no bosque. Árvores como a peroba e a figueira serão mantidas, mas passarão por poda das copas. A proposta garante maior salubridade do espaço.

bc0b8dbc570f89c501115f78ef195b30cb195812

TECNOLOGIA

Além da revitalização completa do calçamento com pisos táteis e nova iluminação, o Bosque Central também terá pontos de wi-fi livre, bicicletários, novos bancos e floreiras, além de quatro pontos de quiosques que serão concessionados a permissionários para atividades de alimentação.

Pontos críticos do bosque, como o módulo abandonado da Guarda Municipal, serão removidos. O projeto também não contempla banheiro público no bosque, já que na praça Marechal Floriano Peixoto, a 200 metros do local, já há um equipamento do tipo.

f0bdc8e791b0f97942eb1a35e3a8067ae8aa5108

de8ddc145e0d136845af0abc67c16bf731cd9834

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Botão Voltar ao topo