- Publicidade -
- Publicidade -

Câmara aprova restrição do passe livre para estudantes

Trending

A Câmara Municipal de Londrina aprovou, por 12 votos a 7, a restrição do passe livre para estudantes do Município. Na prática, a aprovação significa que a gratuidade deixa de ser universal e passa a ser válida para os alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Uma emenda garantiu gratuidade para quem cursa ensino profissionalizante.

Os alunos do fundamental a partir do 6º ano, além dos ensinos médio, superior, adulto e pré-vestibular só poderão ter acesso ao benefício se comprovarem possuir baixa renda através do cadastro único do governo federal. Caso contrário, voltarão a pagar 50% do valor da tarifa, que hoje custa R$ 3,75.

Outra emenda proposta pelo executivo criou um teto de gastos com o passe livre, que poderá consumir no máximo R$ 10 milhões dos recursos municipais em 2018. O projeto segue para a sanção do prefeito Marcelo Belinati (PP).

PLACAR

Votaram a favor do projeto os vereadores Ailton Nantes (PP), Eduardo Tominaga (DEM), Estevam da Zona Sul (PODEMOS), Filipe Barros (PRB), Guilherme Belinati (PP), Jairo Tamura (PR), Jamil Janene (PP), João Martins (PSL), José Roque Neto (PR), Mário Takahashi (PV), Gerson Araújo (PSDB) e Péricles Deliberador (PSC).

Os contrários foram Amauri Cardoso (PSDB), Júnior Santos Rosa (PSD), Felipe Prochet (PSD), Rony Alves (PTB), Daniele Ziober (PPS), Roberto Fú (PDT) e Vilson Bittencourt (PSB).

(Com informações da Tarobá News)

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Suspeito é morto em confronto com a PM na zona norte de Londrina

Indivíduo estaria praticando tráfico de drogas no local.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -