- PUBLICIDADE -
Londrina

Funcionários da TCGL e TIL continuam em greve nesta segunda

A greve dos trabalhadores do transporte coletivo deve continuar em Londrina nesta segunda-feira (24), caso não haja resolução do impasse no pagamento do vale quinzenal aos empregados da TCGL (Grande Londrina), responsável pela operação de 65% das linhas, e da TIL, que opera o serviço metropolitano. As duas empresas fazem parte do mesmo grupo empresarial.

Conforme o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina (Sinttrol), ainda não houve avanço na negociação com as companhias. Os trabalhadores entraram em greve na sexta-feira (22) alegando que não receberam o pagamento do adiantamento salarial no dia 20.

Apenas a Londrisul, que é administrada por outro grupo, depositou o pagamento no mesmo dia que a greve começou. Mesmo assim, é a primeira vez que a empresa atrasa no pagamento de compromissos trabalhistas.

Já no caso da TCGL, a empresa alegou que não tinha dinheiro em caixa e nem tinha de onde tirar os valores. A proposta feita aos trabalhadores é que eles retornassem ao serviço, e com os valores das passagens arrecadadas no fim de semana, o pagamento seria depositado amanhã. No entanto, a proposta foi rejeitada e rechaçada pelos funcionários.

Eles argumentaram ainda que, se o vale pode ser pago com a arrecadação de dois dias de serviço, para onde foram destinados os valores obtidos ao longo da semana. A TCGL não respondeu esse questionamento.

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), responsável por fiscalizar os contratos de concessão do transporte coletivo, já informou que notificou a TCGL para o retorno do serviço, e que deve abrir processo administrativo caso a empresa não cumpra a determinação.

A expectativa é que o imbróglio seja resolvido ainda pela manhã para que os ônibus voltem a circular.

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Botão Voltar ao topo