- Publicidade -
- Publicidade -

Londrina inaugura primeira rua inteligente na segunda-feira

Rua Sergipe ganhou luminárias com wifi e câmeras, além de semáforos inteligentes.

Trending

Na próxima segunda-feira (27), às 10h, o prefeito Marcelo Belinati fará a entrega da primeira etapa do projeto Rua Inteligente da Sergipe, que trará inovação e tecnologia à via, impactando positivamente o comércio e a qualidade de vida da região, melhorando a segurança, a mobilidade urbana, conectividade e iluminação. A solenidade acontecerá na sede do Museu de Arte de Londrina, na Rua Sergipe, 640.

O projeto foi executado por meio de um Acordo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Londrina, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (PTI). A iniciativa foi articulada pela deputada federal Luísa Canziani.

Na solenidade, além do prefeito, é esperada a presença de diversas autoridades, entre elas do vice-governador do Paraná, Darci Piana; do secretário de Empreendedorismo e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Paulo Alvim; do presidente da ABDI, Igor Calvet; da deputada federal Luísa Canziani; do presidente da Codel, Bruno Ubiratan; do diretor superintendente do Parque Tecnológico Itaipu Brasil (PTI-BR), general Eduardo Garrido; do presidente da Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento (CTD), Luciano Kuhl; entre outras.

Por meio da ação, a Rua Sergipe – principal rua de varejo de Londrina, que reúne cerca de cerca de 400 lojas comerciais e está localizada no Centro Histórico – recebeu diversas inovações tecnológicas, entre elas cinco luminárias inteligentes com câmeras e wi-fi integrados; software de reconhecimento facial; dois cruzamentos semafóricos com sistemas de inteligência artificial integrados e botoeiras com recursos de acessibilidade; seis câmeras de reconhecimento de placas de veículos; e um centro de comando e controle com videowall.

Os dois semáforos estão localizados nos cruzamentos com a Avenida Rio de Janeiro e Avenida São Paulo e as cinco luminárias estão distribuídas ao longo da Rua Sergipe, entre a Rua Minas Gerais e Avenida São Paulo. (Clique aqui para saber a localização exata dos equipamentos). Em uma segunda etapa, o projeto pretende disponibilizar a rede de wi-fi aberta, na Rua Sergipe, que propiciará mais velocidade e conectividade para os frequentadores e empresas localizadas na área.

Coordenada pela ABDI, a iniciativa faz parte do Projeto Cidades Inteligentes, que também inclui os municípios de Petrolina (PE) e Foz do Iguaçu (PR).  Para executar as ações da Rua Inteligente, o órgão realizará um investimento total de R$ 4,7 milhões, sendo R$ 4,3 milhões da ABDI e R$ 400 mil do Parque Tecnológico. O recurso será investido em três linhas de ações da Agência: a área de Cidades Inteligentes; de Transformação Digital para os Negócios; e de Segurança da Informação, ao longo de três anos de execução.

Para o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Ubiratan, o projeto Rua Inteligente fortalece a vocação da cidade como polo tecnológico.

“Londrina é uma cidade nova, com grande potencial para a inovação e a modernidade. Nos últimos anos, conquistamos avanços muito importantes como a instalação de grandes empresas, a construção do Tecnocentro e a implantação do ecossistema de inovação. Essa iniciativa vem se somar a essas conquistas e vai contribuir para o desenvolvimento social, econômico e tecnológico”, pontuou.

O secretário municipal de Governo, Alex Canziani, enfatizou que, na próxima segunda-feira (27), Londrina se tornará ainda mais inovadora, por meio deste projeto que abrange as melhores tecnologias e servirá como modelo a ser seguido por outras cidades do Paraná e do Brasil.

“Londrina foi escolhida pela ABDI para receber este projeto e é mais uma passo que a administração do prefeito Marcelo Belinati dá, no sentido de fazer com que o município seja cada vez mais inovador e busque estar inserido nas melhores práticas executadas no mundo. Tudo isso trará desenvolvimento para os comerciantes locais e, na sequência, nosso objetivo é desenvolver aplicativos e soluções para atender os comerciantes da rua Sergipe e também de outras cidades do país”, disse.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Dupla invade casa e atira várias vezes contra jovem em Maringá

Polícia desconfia que vítima tenha sido baleada por engano.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -