- Publicidade -
- Publicidade -

Morre bebê estava na UTI esperando por exames médicos em Londrina

Trending

O bebê Antenor Couto Barufo, de 4 meses, morreu na manhã desta quinta-feira (04) após ficar 20 dias internado aguardando por diagnóstico médico na UTI do Hospital Universitário de Londrina. Na semana passada, o Portal 24Horas relatou o sofrimento da mãe da criança, que pediu socorro a várias autoridades para providenciar a transferência do bebê para o Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba.

Angélica Aparecida Couto contou que o filho deu entrada em um posto de saúde de Sertanópolis com sintomas de infecção urinária. Após ser transferido para Ibiporã, os médicos então decidiram enviá-lo para Londrina para que o bebê pudesse ser diagnosticado corretamente.

A princípio, os médicos analisaram que a criança teria neuropatia, uma doença que afeta o sistema nervoso. No entanto, era necessário que exames complexos fossem feitos para confirmar a doença e então o bebê pudesse ser medicado com uma enzina que poderia salvar sua vida. A demora no diagnóstico, porém, fez com que o estado de saúde de Antenor se agravasse rapidamente, e ele não resistiu.

Na reportagem da semana passada, o Hospital Universitário de Londrina relatou que não dependia da unidade acelerar o processo de diagnóstico, mas sim dos laboratórios responsáveis pelo exame. A direção do HU ainda informou que a unidade tem estrutura para os mais variados tipos de exames, mas que em alguns casos, depende de enviar as amostras para laboratórios especializados.

O 24Horas também entrou em contato com o Secretário Estadual de Saúde, Beto Preto, porém ele visualizou mas ignorou as mensagens da reportagem.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Vereadores aumentam salário do prefeito de Paranaguá de R$ 16 para quase R$ 26 mil

Também sobem os salários do vice-prefeito e dos secretários municipais.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -