- PUBLICIDADE -
Londrina

Regional de Londrina recebe primeiro lote com vacinas de Oxford

O Governo do Estado finalizou, neste domingo (24), a entrega das 86.500 doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com o Laboratório AstraZeneca para as 22 Regionais de Saúde do Paraná. Distribuída em tempo recorde, menos de oito horas, a distribuição deste segundo lote vai permitir que os 399 municípios do Paraná possam começar a aplicar os imunizantes contra a Covid-19 a partir das 8h desta segunda-feira (25), em todas as 1.850 salas de vacinação espalhadas pelo Estado.

O primeiro lote, formado pelo imunizante CoronaVac do laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, chegou aos municípios na semana passada. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o processo de distribuição das 132.771 doses para todas as regionais levou cerca de 27 horas.

“A vacina está à disposição de todos, em um processo muito rápido coordenado pela Saúde do Paraná. Demonstra a preocupação do Governo do Estado em fazer com que essa proteção chegue logo a todos os paranaenses possíveis”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Desde que os imunizantes desembarcaram no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba), por volta das 23h15 de sábado (23), foram cerca de 15 horas até a chegada à última divisão da Sesa-PR, em Ivaiporã, no Vale do Ivaí.

Em algumas regionais, o próprio secretário Beto Preto entregou as vacinas - Foto: Divulgação
Em algumas regionais, o próprio secretário Beto Preto entregou as vacinas – Foto: Divulgação

 

LONDRINA

A 17ª Regional de Saúde, que tem sede em Londrina e abrange 22 municípios do Norte do Paraná, recebeu no início da tarde as 8.920 doses do imunizante. O voo com as vacinas chegou no Aeroporto José Richa por volta de 12h10.

A aplicação das doses deve começar hoje em todos os municípios da regional. Um helicóptero da Polícia Militar ajudou na distribuição da vacina nos municípios mais distantes da regional. Só Londrina terá 6.400 doses disponíveis para imunizar profissionais de saúde e pacientes de risco, como idosos e pessoas com doenças crônicas.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a aplicação da vacina de Oxford começa amanhã na cidade. As doses estão armazenadas no Centro de Abastecimento Farmacêutico de Londrina (Centrofarma).

Ainda neste domingo, equipes da prefeitura estão aplicando a vacina Coronavac em profissionais da saúde nas instituições.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo