- Publicidade -
- Publicidade -

Maringá participa de congresso mundial de cidades inteligentes

Evento acontece até quinta (18) em Barcelona. Comitiva maringaense está na cidade.

Trending

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PSD) está em Barcelona para participar do Smart City Expo World Congress, considerado o principal evento do mundo no tema relacionado a cidades inteligentes. O evento foi oficialmente nesta segunda-feira (15) e acontece na cidade espanhola até quinta (18).

Segundo a assessoria da prefeitura, Maia já participou de reuniões na Prefeitura de Barcelona, cidade que é referência internacional no conceito smart city, e que também é destaque em urbanismo, tecnologia e inovação.

O prefeito de Maringá integra uma comitiva brasileira que convidou prefeitos de várias cidades a participarem do congresso. O custo da viagem foi financiado por empresários do setor de T.I. da cidade.

“Estamos conhecendo mais sobre direitos digitais e urbanismo tecnológico, para a construção de uma cidade mais humana, solidária, justa e inclusiva. Alguns conceitos de smart city que estamos trabalhando para construirmos em Maringá”, disse Maia.

A delegação maringaense ainda visitou uma superquadra no Centro de Barcelona. A visita serve como uma referência do projeto do Eixo Monumental, em Maringá, que pretende revitalizar toda a região central com espaços para convivência e menos carros.

Ao longo do congresso, a equipe que acompanha Maia irá participar de apresentações de soluções inteligentes, e da palestra “Planejando a Cidade do Futuro”, que será ministrada por Pere Navarro, responsável pela Zona Franca de Barcola e ex-prefeito de Terrassa.

Outros temas que serão abordados na Smart City Expo World Congress envolvem a inteligência artificial, energias renováveis, mobilidade, governança, vida e inclusão, economia inovadora, infraestrutura em edificações e segurança urbana.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Senado aprova indicação de André Mendonça ao STF

Indicação de Bolsonaro ficou parada na CCJ por mais de quatro meses.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -