- Publicidade -
- Publicidade -

Falta estrutura na Policia Civil de Londrina, diz sindicato

Trending

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Um levantamento feito pelo Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná a pedido da Câmara de Londrina, revelou dados preocupantes em relação a estrutura da Polícia Civil na cidade. O documento foi solicitado pelo vereador Jairo Tamura (PR).

Segundo os dados apresentados, faltam delegados, escrivães e investigadores de polícia em órgãos importantes, e que possuem alta demanda de trabalho. A Delegacia de Homicídios por exemplo está sem delegado.

Segundo o sindicato, apenas em dezembro de 2016, Londrina registrou 29 casos de homicídio. Quase um por dia; Esse número aumenta, se considerar a data até 23 de março de 2017, quando Londrina registrava mais de 90 casos que se acumulam na Delegacia de Homicídios sem solução.

NUCRIA

O problema da falta de pessoal se estende também ao Núcleo de Proteção a Crianças e Adolescentes Vítimas de Crimes (NUCRIA). Em Londrina, o órgão investiga mais de 700 inquéritos, cujo a maior parte, tratam-se de crimes de violência sexual contra crianças.

Conforme o sindicato, por conta da de demanda de trabalho, o NUCRIA precisaria de pelo menos 3 delegados, 6 escrivães e 24 investigadores.

Na falta de estrutura, os autores dos crimes permanecem impunes.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

MP investiga compra de oxigênio para postos de saúde e UPAs de Londrina

Prefeitura pagou três vezes mais pelo produto no auge da pandemia.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -