- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia prende falsa enfermeira com doses da vacina contra a Covid-19 em Apucarana

Trending

A Polícia Civil prendeu neste sábado (15) uma mulher que se identificava como enfermeira. A prisão aconteceu em Apucarana, no Norte do Paraná, segundo informou o Ministério Público, que pediu a detenção da mulher.

Segundo a 2ª Promotoria de Justiça de Apucarana a prisão aconteceu na casa dela, depois que o MP recebeu denúncias de que a mulher ofereceu, pelo WhatsApp, doses da vacina para pessoas que não são contempladas em grupos prioritários.

Na casa dela ela guardava doses que foram desviadas da Secretaria Municipal de Saúde de Apucarana. Ela tinha acesso ao local onde as vacinas ficaram, porque se identificava como enfermeira voluntária, e teria sido admitida para trabalhar no processo de vacinação contra a Covid-19.

No entanto, segundo o Ministério Público, a mulher não possui registro no Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR).

Durante o cumprimento dos mandados de prisão e busca e apreensão, foram apreendidos um frasco com cinco doses da vacina Astrazeneca, e um frasco da CoronaVac, e ainda um vazio.

Ela foi presa em flagrante pelo crime de peculato, e também pode responder por falsidade ideológica e crime contra a saúde pública. O MP informou que irá continuar as investigações com a intenção de esclarecer possível envolvimento de servidores público no roubo das doses.

Também haverá apuração e eventual responsabilização de pessoas que foram beneficiadas com as doses desviadas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -