- Publicidade -
- Publicidade -

Polícia procura casal que matou ex-namorado da mulher por ciúmes

Crime aconteceu em agosto, mas polícia divulgou hoje a foto dos foragidos.

Trending

A polícia está a procura de Stephany Caroline da Silva Alves, de 20 anos, e Leonardo Vynicius Rodrigues Wash, de 21. Eles são acusados de matar o jovem Renan de Souza Soares, de 25 anos, em uma emboscada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Segundo a polícia, a vítima foi atingida por vários tiros de arma calibre 9 milímetros, e depois de ser baleado, os criminosos ainda passaram com o carro por cima do corpo dele, o arrastando por cerca de 50 metros.

A investigação apurou que Renan era ex-namorado de Stephany, e o atual namorado dela, Leonardo, tinha ciúmes dele – que foi a motivação do crime. Foi a mulher que ajudou o companheiro armar uma emboscada para assassinar o ex-namorado.

Segundo a polícia, em 30 de agosto no bairro CIC, Renan estava em casa com a família e amigos, quando recebeu uma mensagem de Stephany. No texto, ela pedia que ele a encontrasse na frente da casa. Ao sair a vítima foi surpreendida por Leonardo, que armado, efetuou os disparos que atingiram o rapaz.

Ainda conforme a polícia, o objetivo inicial da dupla era obrigar Renan a entrar no carro, para que ele fosse morto em outro local.

No entanto, a vítima tentou fugir e acabou sendo morta ali mesmo. Depois dos disparos, Renan ainda foi atropelado pelo carro em que o casal fugiu.

MANDADOS DE PRISÃO

A Justiça já determinou que o casal seja preso, no entanto ambos estão foragidos desde o dia do homicídio. Os dois também tem passagens pela polícia. A mulher já foi condenada por furto e tráfico de drogas, enquanto o homem também já esteve preso por receptação e porte ilegal de arma de fogo.

Quem tiver informações sobre o paradeiro do suspeitos, pode ligar direto ao telefone 197 da Polícia Civil ou ainda no 0800-642-1121.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Passagem de ônibus intermunicipais fica mais cara no Paraná

Aumento é de aproximadamente 7% e acontece a partir desta sexta-feira (1).
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -