Fique Ligado!

Polícia

Professora é assassinada a facadas e suspeito do crime morre em acidente automobilístico

O principal suspeito é um homem de 65 anos, que de acordo com moradores mantinha um relacionamento com a vítima

Publicado

em

DAB5323F B3AD 4F45 85AF CFF68BFFF7DA | 24Horas
Eliane foi brutalmente assassinada a fadadas

Na madrugada desta quinta-feira (15), a professora de educação física Eliane Pedrina Henriques foi encontrada morta a facadas na cidade de Mandaguari (a 40 km de Maringá), a Polícia Civil da cidade trabalha com duas hipóteses para o crime, a primeira delas trata-se de latrocínio (roubo seguido de morte). Mas um suposto homicídio passional também é investigado, segundo moradores a vítima mantinha um relacionamento com o homem.

O Corpo da professora foi encontrado na Estrada Rochedo, numa área rural, o autor do crime teria matado Eliane a facadas, e abandonado seu corpo em uma estrada secundária, em seguida fugindo com o carro da vítima.

Alguns minutos depois, em uma rodovia na saída de Bom Sucesso para Itambé, o suposto autor do crime bateu de frente com uma carreta e foi a óbito no local, ainda no acidente os policiais encontraram uma bolsa com documentos de Eliane e pensaram que ela poderia estar no automóvel, mas em seguida uma faca ensanguentada foi achada no veículo.

08AA6397 9C67 4134 832F B235EF8A8A45 | 24Horas

O suspeito veio a óbito depois de um acidente com uma carreta

Diante desse fato, os agente começaram a procurar pelo corpo da professora que foi achado, como citado acima, em uma estrada rural de Mandaguari.

O corpo de Eliane foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá. A Polícia Civil de Mandaguari continua investigando o suposto caso de feminicídio com motivações passionais, mas esta é apenas uma primeira linha de investigação.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

EM ALTA