Quatro membros do PCC são mortos em confronto com o BOPE em Curitiba

- Continua depois da publicidade -

Trending

Quatro homens que seriam membros do Primeiro Comando da Capital (PCC) morreram em confronto com policiais do BOPE na madrugada desta quarta-feira (02) em uma estrada nas proximidades do Rio Iguaçu, na Zona Sul de Curitiba.

O confronto aconteceu logo na sequência dos quadro indivíduos terem assassinado depois de julgamento no “tribunal do crime” um quinto homem, que por sua vez seria integrante da facção Comando Vermelho.

Segundo a polícia, o homem que foi assassinado teria sido levado até o local pelos outros quatro preso ao porta malas de um automóvel Fiat Pálio. Ele foi executado no local com dezenas de tiros, e o corpo foi desovado em uma região de matagal.

Quando os assassinos deixavam o local da desova, se depararam com uma viatura do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar, que passava pela estrada. Foi nesse momento que o confronto aconteceu. Os bandidos tentaram fugir correndo em direção ao matagal enquanto atiravam nos policiais, mas todos foram baleados no revide e morreram no local.

Ainda de acordo com a PM o tribunal do crime acontece quando uma pessoa transgride a norma de uma facção criminosa, e os próprios criminosos fazem o julgamento e a condenação do ‘acusado’. A execução é uma das práticas mais comuns.

Pelas características do homem que foi morto pelos quatro, a polícia apurou que ele seria pertencente ao Comando Vermelho, liderada no Rio de Janeiro. Conhecido como “CV”, a facção é rival do Primeiro Comando da Capital, com raízes em São Paulo

Os cinco corpos foram recolhidos ao Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Cultura: prazo para inscrever projetos no Promic encerra segunda

Ao todo, o Promic destinará R$ 1.360.000,00 para os projetos.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -