- Publicidade -
- Publicidade -

POLÍTICA DE VERIFICAÇÃO DE FATOS

O 24Horas segue os princípios do International Fact-Checking Network, que é a associação internacional dos verificadores de fatos.

Os princípios são solidificados no compromisso com cinco áreas: o apartidarismo e imparcialidade; transparência das fontes; transparência do financiamento e organização; transparência da metodologia e ainda a política de correções aberta e honesta.

Diante disso, o 24Horas preza por uma política de verificação de fatos transparente e correta. Comparamos declarações de funcionários do governo, líderes de setores sindicais ou com voz ativa, com informações de dados concretos, estatísticas ou conteúdo do nosso arquivo jornalístico.

Oferecemos sempre uma segunda opinião ou informações de acompanhamento para confirmar se os discursos oficiais são verdadeiros – ou não – para que nossos seguidores sociais e leitores tenham todas as informações para formar critérios ou tomar decisões bem funcamentadas.

ESTE É O PROCESSO:

1 – Uma frase do discurso público que inclui dados históricos ou estatísticas é selecionada para ser verificada. Por esse motivo, frases que partem de opiniões pessoais ou fazem projeções para o futuro não podem ser validadas.

2 – Relevância dos dados e da pessoa que os diz

3 – A fonte original será consultada para confirmar se disse o que é lhe atribuído e em que contexto.

4 – É consultada fonte oficial de onde são os dados a serem validados.

5 – Fontes alternativas também são consultadas

6 – O contexto em que a frase dita foi inserido.

7 – Com informações coletadas, as afirmações podem ser validadas, negadas ou relativizadas.

8 – O discurso é classificado como falso ou verdadeiro.