Fique Ligado!

Política

Câmara aceita PEC da Impunidade; Três deputados de Londrina votaram a favor

Proposta agora será discutida e moldada. PEC restringe prisão de parlamentares em flagrante de delito.

Derick Fernandes

Publicado

em

pecimpunidade.jpg | 24Horas

Três dos quatro deputados federais de Londrina votaram pela admissibilidade da PEC 03/2021 – batizada de “PEC da Impunidade” pelo STF e por juristas de todo o país.

A PEC restringe a prisão de parlamentares e cria uma “super proteção” sobre a atuação dos políticos. Luísa Canziani (PTB), Filipe Barros (PSL) e Boca Aberta (PROS) votaram à favor do prosseguimento da pauta. O único contrário foi o deputado Diego Garcia (Podemos).

O Plenário aprovou, por 304 votos a 154 e 2 abstenções, o parecer favorável da relatora, deputada Margarete Coelho (PP-PI). Como a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) ainda não foi instalada, a deputada foi designada relatora de Plenário em nome da comissão.

Nesta quinta-feira, às 10 horas, os líderes partidários farão reunião para tentar chegar a um texto de maior consenso sobre o mérito da matéria, que deverá ser votado em sessão marcada para as 15 horas do mesmo dia.

A PEC foi apresentada pelo deputado Celso Sabino (PSDB-PA), com o apoio de outros 185 deputados.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
Registre-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

EM ALTA