- Publicidade -
- Publicidade -

“Por mim, não teria carnaval”, diz Bolsonaro em entrevista

Presidente, no entanto, criticou medidas de isolamento social.

Trending

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (25) que é contra a realização do Carnaval 2022 nos estados brasileiros. A declaração foi dada durante uma entrevista à Rádio Sociedade da Bahia, que também foi transmitida pelas redes sociais do presidente.

“Por mim, não teria Carnaval. Só que tem um detalhe: quem decide não sou eu. Segundo o Supremo Tribunal Federal, quem decide são os governadores e os prefeitos. Não quero aprofundar nessa que poderia ser uma nova polêmica”, afirmou.

Bolsonaro referia-se à decisão do STF que deu autonomia a estados e municípios para definirem ações de enfrentamento à pandemia.

O presidente também relembrou o que ocorreu no ano passado, quando ele declarou emergência no início da pandemia, mas mesmo assim o Carnaval foi realizado.

“As consequências vieram. Chegamos a 600 mil óbitos. E alguns tentaram imputar a mim essa responsabilidade. Não tenho culpa disso. Não estou esquivando, nem apontando outras pessoas. É uma realidade, é uma verdade. Todo o trabalho de combate à pandemia coube aos prefeitos e aos governadores. O que coube a mim? Mandar recursos”, reclamou.

Sobre à nova onde de Covid-19 na Europa e às restrições impostas em alguns países, Bolsonaro se disse preocupado com a questão econômica.

“Estou vendo que alguns países da Europa estão retomando medidas de lockdown. Se tiver outro lockdown no Brasil, em estados e municípios, vai quebrar de vez a economia”, disse.

CARNAVAL CANCELADO

No estado de São Paulo, ao menos 45 cidades já anunciaram o cancelamento do Carnaval de 2022 em razão da pandemia de Covid-19. A maioria das cidades estão no interior de São Paulo, e grande parte justificou informando que a medida é para evitar aglomerações, além de conter uma eventual nova onda.

A capital mantém a programação até o momento e espera reunir 4 milhões de foliões.

Já em Brasília, o Governo do Distrito Federal e a Câmara Legislativa do DF avaliam alternativas para o Carnaval de rua em 2022.

No Paraná, apenas um requerimento do deputado estadual Cobra Repórter (PSD) pede que o Governo do Estado suspenda o Carnaval.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Acidente com carro de luxo mata motociclista em Foz do Iguaçu

Um jovem de 24 anos ficou gravemente ferido e está internado.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -