- Publicidade -
- Publicidade -

Prefeito de Porecatu tem bens bloqueados após pedido do MP

Fabinho (PSD) é investigação em ação de improbidade administrativa.

Trending

O prefeito de Porecatu Fábio Luiz Andrade (PSD) – conhecido como Fabinho – e mais três pessoas tiveram seus bens bloqueados após um pedido do Ministério Público do Paraná (MPPR). O total bloqueado soma R$ 19.235,51 e acontece devido a investigação pelo crime de improbidade administrativa.

Além do prefeito uma empresa, seu proprietário e um trabalhador autônomo também são alvos da investigação. Conforme o MP o prefeito contratou a empresa e o profissional sem licitação, para prestarem serviços que já tinham processo licitatório aberto com outra empresa em vias de fechar o contrato.

O Ministério Público afirma que a prefeitura pagou mais caro pelos serviços e estimou o prejuízo aos cofres públicos em pouco mais de R$ 19 mil.

Os promotores pedem condenação dos réus em ressarcimento integral do prejuízo aos cofres públicos, pagamento de multa, suspensão dos direitos políticos, perda da função pública e proibição de contratar com o poder público.

O prefeito Fabinho não se posicionou sobre o assunto.

- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias

Cultura: prazo para inscrever projetos no Promic encerra segunda

Ao todo, o Promic destinará R$ 1.360.000,00 para os projetos.
- Publicidade -

Sugestões do editor

- Publicidade -